É comum que empreendedores que estejam começando ou a pouco tempo no mercado, dedicam mais atenção a realizar atividades operacionais do negócio e aos contatos comerciais que necessitam para manter a empresa. Ficando a gestão em segundo plano, medidas como estas são causas de grandes problemas para pequenas empresas, principalmente quando falamos em gestão financeira.

Aqui apresentaremos algumas dicas sobre finanças para alinhar a gestão financeira do seu negócio.

 

O dinheiro em caixa da empresa é da empresa, empreendedores tem pró-labore

 Este talvez é um dos principais problemas de qualquer empreendedor, pois em sua grande maioria no Brasil, temos mais empreendedores que criaram seus negócios por necessidade e não por oportunidade, e separar o dinheiro da empresa, do dinheiro que este terá a mão para necessidades pessoais é o mais difícil.  Então, reconheça que as despesas pessoais dos sócios não podem nunca ser tratadas como despesas da empresa, pois isto pode levar sua empresa ao descontrole financeiro, ou até mesmo a falência.

 

Estruture as finanças de sua empresa

Tenha os controles financeiros de sua empresa sempre a mão. Controle suas finanças, tenha algum tipo de controle do mais básico, um livro caixa físico ou uma planilha de Excel, caso sua estrutura financeira comporte, busque um software para controlar suas finanças. Nós da CTRL Soluções, temos o CAS ERP, clique aqui e saiba mais.

Uma solução excelente para pequenas empresas é gerir as finanças corporativas em softwares ou programas de finanças, aproveitando todo o potencial da tecnologia atual e controlando tudo de forma prática e mais simples. O CAS ERP é a solução ideal para que micros e pequenas empresas organizem suas finanças.

 

Faça avaliações minuciosas de onde investir

 Antes de qualquer investimento, compra de insumos, contratação de recursos humanos, ou qualquer outra saída de caixa momentânea ou futura, avalie se a estrutura financeira de seu negócio comporta tal entrada de custo, estude os riscos envolvidos na decisão a ser tomadas. A aplicação de recursos não só arrasta um montante que poderia ser aproveitado em outras iniciativas, mas também traz expectativas de retorno.

 

Compute todas as receitas e despesas

 Manter o fluxo de caixa da empresa organizado, é fundamental para a saúde financeira de qualquer empresa. Quem está à frente de um negócio, precisa acompanhar todas as contas a pagar e a receber, utilizando ferramentas de controle para registro como falando anteriormente, de preferência a ferramentas digitais para os registros para otimizar suas operações, mas caso seu negócio não possua recursos para isto, controle através de alguma ferramenta, o importante é manter o controle, pois este cuidado vai garantir que o capital de giro seja calculado, e também possibilitará que a definição das melhores datas para pagamentos, recebimentos, realização de promoções entre outros aspectos do seu negócio.

 

Trabalhe com previsões financeiras

 Registrando as informações de entradas e saídas em uma ferramenta de controle, o empreendedor poderá realizar controles financeiros.

Faça previsões financeiras, contemplando seu saldo inicial de caixa, mas recebimentos e despesas futuras, projetando assim o saldo final ao término do período da previsão, desta forma você será capaz de entender um pouco como o mercado vem se comportando, perceber quem são os bons e os maus pagadores, além de avaliar cenários futuros com mais exatidão.

 

Evite o endividamento

 Utilize como última opção pegar empréstimos, pesquise as taxas de juros embutidas, as condições de pagamento, o prazo para liquidação e se existe desconto para liquidação antecipada. Pois quanto antes você conseguir se livrar deste tipo de despesa fixa e contínua, melhor para a rentabilidade de sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Atendimento